Prestes inicia empreendimento de alto padrão em Castro

A Prestes Construtora e Incorporadora assinou com a Caixa Econômica Federal o convênio para a liberação de recursos que garantirão a execução do Lake Residencial, em Castro. O empreendimento de alto padrão, que está em fase inicial de implantação, será o primeiro do município a permitir a possibilidade de financiamento na fase da planta.

Em região privilegiada, o Lake contará com 29 apartamentos, com aproximadamente 200m2 cada, além de duas unidades duplex. Com previsão de entrega para o segundo semestre de 2018, o novo negócio da Prestes é resultado da consolidação da marca da construtora no município. “A Caixa e a Prestes já são parcerias em diversos empreendimentos e esta modalidade demostra o apoio à produção que a instituição financeira oferece, garantindo a execução da obra do início até a entrega das chaves”, destaca o gerente de habitação da Caixa Econômica Federal, Mauro Luiz Marconato. Segundo ele, os recursos, que serão somados aos da construtora, provém do SBPE – Sistema Brasileiro de Poupança e Crédito e representam a execução total do empreendimento. “É uma modalidade que fomenta a economia e faz com que construtoras já estabelecidas no mercado possam gerar renda e empregos, oferecendo novos produtos em seus portfólios”, explica.

Para o diretor da construtora, Breno Prestes, o apoio da CEF é fundamental porque significa a solidificação da empresa. “Para nós, o Lake representa o fortalecimento dos nossos negócios com a chancela da instituição financeira responsável pelo maior número de financiamentos do setor de habitação no país”. Além disso, ele reforça que este, por se tratar do terceiro grande negócio no município, confirma o compromisso de empreender e inovar, buscando alternativas capazes de atender as necessidades das pessoas, no que se refere à moradia de qualidade. “O nosso crescimento é resultado da qualidade dos produtos, da preocupação com o cliente e do respeito, que vai desde o processo burocrático, até a conclusão e entrega das unidades”.